Nota Prémio Odebrecht Angola 2012

O Prémio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável foi lançado pela primeira vez em Angola em 2010, realizando-se portanto agora a 3ª Edição.

Financiado pela empresa construtora Odebrecht tem como objectivo estimular junto das Universidades angolanas, o interesse pela investigação e pelas temáticas de elevado interesse social, pois procura promover também junto da comunidade académica a defesa da sustentabilidade e dos valores ligados com o meio ambiente.

Neste ano de 2012, o Instituto Superior Politécnico Tundavala (ISPT) fez-se representar por 2 equipas de alunos do Curso de Engenharia Civil, o Sílvio Serrão, que concorreu sozinho, abordou o tema “Energias Renováveis para o Desenvolvimento Sustentável de Angola” e o Walter Elias, o Wilson Tchongolola e o Elias Jumbúa desenvolveram o tema “A Problemática do Lixo Urbano em Angola”. Ambos os trabalhos tiveram a orientação do Prof. Amândio Teixeira-Pinto, coordenador do Curso de Engenharia Civil, que acompanhou os grupos a Luanda, à cerimónia de atribuição dos prémios em 24 de Abril de 2013. Cerimónia que teve lugar no magnífico Hotel Epic Sana.

Num total de 130 trabalhos, os nossos foram classificados nos 15 primeiros que ascenderam à final e o trabalho do Sílvio Serrão foi consagrado como um dos vencedores de 2013. A cada um dos trabalhos vencedores foi atribuído um prémio pecuniário de 22500 dólares, dividido em iguais partes pela instituição, pelo orientador e pelo aluno. No final do curso é oferecido ao(s) aluno(s) vencedores um estágio na Odebrecht e cada um dos vencedores (aluno, orientador, instituição) recebeu o galardão Odebrecht Angola 2012, além de um certificado de vencedor.

Está de parabéns a equipa vencedora e a outra equipa merece também um forte aplauso já que o seu trabalho foi classificado para a final, o que mostra a sua qualidade.