Comunicação Social

O Jornalista é o profissional que entrevista pessoas, investiga acontecimentos de quaisquer tipos, localiza e consulta várias fontes de informação; produz noticiários, crónicas, comentários, interpretação de factos, edita textos e material fotográfico para jornais, revistas, periódicos, folhetos; em posição de chefia, examina o material produzido por seus subordinados e selecciona o que deve ser publicado, corrigindo erros e conferindo dados; determina a disposição das páginas, indicando a colocação e a dimensão das ilustrações. Em empresas privadas ou públicas, ou outras entidades que não as jornalísticas, produz material de interesse da empresa, para publicação interna e/ou externa. Na actualidade comporta variadas especializações: jornalismo científico, trabalhista, económico, etc.
O Curso de Comunicação Social da UPRA tem como finalidade educar e formar o cidadão preparado para enfrentar o mercado de trabalho, considerando a perspectiva positiva das potencialidades e compromisso do campo científico, através de acções planejadas, envolvendo a pesquisa, extensão e informação. Visa, sobremaneira, formar jornalistas habilitados e capacitados para exercerem actividades profissionais, em diversas áreas da comunicação, actuando no mercado de trabalho com uma postura criativa, responsável, ética e reflexiva, aplicando criticamente o raciocínio lógico e científico, podendo identificar e solucionar problemas pertinentes ao seu meio profissional.
O profissional de jornalismo está apto a desempenhar as seguintes funções:

  • Redactor: Redacção comum, redacção editorial, crónica e comentários;
  • Noticiarista: redacção de matéria de carácter informativo, desprovida de apreciação ou comentário;
  • Repórter: busca de notícia ou informação para divulgação;
  • Rádio-repórter: difusão oral de acontecimento ou entrevista pelo rádio ou pela televisão no instante ou no local em que ocorram, assim como comentário ou crónica pelos mesmos veículos;
  • Revisor: revisão de provas tipográficas de matéria jornalística;
  • Repórter-fotográfico: registo fotográfico de qualquer facto ou assunto de interesse jornalístico;
  • Diagramador: planeamento e distribuição gráfica de materiais, fotografias ou ilustrações de carácter jornalístico para fins de publicação;
  • Editor e Chefe de reportagem: como funções de confiança pertinentes às actividades de jornalista profissional.

O Campo de actuação do profissional de Comunicação Social é bastante amplo. Os regressos do curso estarão aptos a exercer cargos em agências de publicidade, ou de assessores, ou directores de comunicação, em empresas públicas e/ou privadas, bem como em veículos de comunicação de massa e “bureau” gráfico. Poderão seguir carreira académica para ensino e pesquisa e exercer actividades no campo da Comunicação Social relacionado com as novas tecnologias (junto às empresas de comunicação que trabalham com os produtos de multimédios e digitais, vídeo games, empresas produtoras das mídias electrónicas). Poderão, ainda, exercer actividades nos seguintes sectores: emissoras de rádio e televisão, jornais impressos ou veiculados pela Rede Internacional (Internet), periódicos, (revistas especializadas em: publicações científicas, análises conjunturais, coberturas e análises dos fatos jornalísticos, moda, culinária, comportamento, decoração, aviação, administração, ensino de línguas, entre outros); associações; sindicatos; holdings; governo. Assessoria de Comunicação para pessoas físicas, empresários, artistas, políticos, entre outros.